Home / DA HORA / Madson Santos pauta as belezas marajoaras  

Madson Santos pauta as belezas marajoaras  

A pedido do nosso site montou um roteiro para o visitante que pretende conhecer o Marajó

Madson recebeu o titulo de “Embaixador do Marajó”. Fotos: Paulo Cordeiro

Quem já veio ao Pará, com certeza deve ter feito check-in no Marajó, o maior arquipélago flúvio-maritimo do planeta, localizado na costeira brasileira. Mas quem ainda não teve a oportunidade deve vivenciar a tranqüilidade das inúmeras ilhas neste pedaço do Brasil.

 Madson Santos, marajoara de Soure, algum tempo se dedica a levar o que a ilha tem de melhor para os quatro cantos do Brasil, através de artistas e da imprensa. Tanto que recebeu a intitulação de “Embaixador do Marajó”, titulo que carrega com muito orgulho, e que coincidentemente foi atribuído pelos turistas e jornalistas.

Apaixonado pela terra, Santos, confessa que particularmente se encanta com a natureza, a culinária, a cultura, o misticismo e a simplicidade e encanto do povo, e claro a peculiaridade dos municípios, em especial Soure, com uma espécie de búfalos que circulam soltos pelas ruas da cidade.

Por isso, se encarrega de pautar as belezas e peculiaridades da região, em especial Soure e Salvaterra, e a pedido do nosso site montou um roteiro para o visitante que pretende o conhecer o Marajó. Confira: 

  1. Praia do Pesqueiro: Localizada alguns quilômetros da cidade de Soure, conserva nos seus quatro quilômetros de extensão areia branca, barracas e muitos coqueiros que possibilitam sombra aos visitantes. O local é perfeito para quem deseja descansar e fazer turismo.
  2. Comunidade do Céu: Também conhecida como praia do céu, tem grande extensão territorial, e é totalmente pacata para que busca agitação. Para chegar ao local é necessário passar pela rodovia PA-154 e atravessar uma fazenda, chamada Bom Jesus. Ao decorrer do trajeto o turista pode presenciar bem de perto a flora da região.
  3. Comunidade Caju-Una: é um local paradisíaco, embora o acesso difícil, a paisagem compensa. A praia é bem conservada e indicada para quem busca tranqüilidade.
  4. Praia do Araruna: Ainda rústica e preservada. O acesso é possível utilizando uma canoa conduzida por moradores da vila, a partir da praia Barra Velha.
  5. Praia da Barra Velha: Essa praia fica a 3km do centro de Soure, destaca-se pela vegetação de manguezal de grande porte. Não há transporte público regular. Possui barracas de praia e o local de sossego e tranqüilidade.
  6. Fazenda Bom Jesus: é um santuário ecológico com muitas animais a vista, como pássaros, capivaras e repteis. Mas a principal atração é uma caminhada de 4km.
  7. Monsarás: Localizada na cidade de Salvaterra, o local conserva construções européias. O pequeno vilarejo de três ruas com uma igreja Jesuita, bastante visitada.
  8. Ruínas de Joanes: é um dos pontos turísticos mais importantes de Salvaterra. Trata-se de ruínas de confeições Jesuítas datadas de 1716. Fica do lado de uma igrejinha e ao fundo há um mirante do rio.
  9. Praia de Joanes: Também localizada em Salvaterra, é indicada para quem gosta do sol e água quente. No local também estão presentes vários restaurantes que servem caldeiradas. Lugar excelente para fugir do estresse.
  10. Museu do Marajó: em Cachoeira do Arari, é uma instituição que explica a vida marajoara com o uso de aparatos artesanais Foi fundado em 1972 pelo padre italiano naturalizado brasileiro Giovanni Gallo.

 

Autor admin

Além disso, verifique

Tribunal de Justiça do Pará apresenta novos dirigentes

Relacionado

5 comments

  1. TIAGO JOSE TORRES MONTEIRO

    Parabens meu querido, tive a honra de ter alguns ensaios fotográficos com esse produtor que por sinal é um dos melhores para mim. Um excelente profissional e muito competente. Obrigado por contribuir por tudo que fazes por nosso estado e principalmente pelo Marajó

    • Obrigado meu amigo pelo elogio e pelas palavras de incentivo. Essa torcida faz que eu tenha mais entusiasmo para continuar na luta de divulgação da nossa Cultura.

  2. Top, Madson! Uma boa divulgação. Parabéns!

  3. Parabéns a Língua de tesoura pela entrevista e ao Madson… figura tão importante é carismática da nossa Ilha do Marajó

Deixe uma resposta