Home / COMPORTAMENTO / Dançarina Eduarda Moraes é vitima de racismo

Dançarina Eduarda Moraes é vitima de racismo

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos: Divulgação

Mesmo com toda a mobilização realizada em várias partes do mundo contra o racismo, infelizmente ainda tem gente que segue cometendo esse crime. Nessa semana, a dançarina belenense Eduarda Moraes foi atacada nas redes sociais, após postar um vídeo de apresentação junina, ela está concorrendo um concurso nacional de São João.

Um perfil com o nome de Guilherme Silva que dizia ser do estado do Ceará, escreveu: “Vai perder sua macaca suja, Ceará tem as melhores rainhas e não precisam se jogar no chão. Pará precisa aprender muito ainda!”.

O comentário foi printado e está repercutindo na internet, muitas pessoas cobram a criminalização dele.  

Pelas redes sociais, Eduarda, disse que conviver com o racismo é a maior arte de sobrevivência do seu povo, se curvar a ele é bandeira que nunca deve ser aceita: “Estou participando desse concurso de rainha junina virtual, diante de tantas meninas maravilhosas estou disputando uma vaga contra uma bela cearense que jamais deve compactuar com isso, saber que pessoas destilam ódio por trás de seus perfis me enoja. Jamais deixarei de fazer o que mais me energiza, sou feita de pele preta, sou feita de várias vertentes do meu povo. Jamais aceitarei esses crimes! Isso é inaceitável. Não me calarei e jamais deixarei de dançar para a tristeza dos racistas”. 

Autor admin

Avatar

Além disso, verifique

Santareno conquista o segundo lugar do Mister Eco Brazil, em concurso realizado no Ceará

Relacionado

Deixe uma resposta