Home / CELEBRIDADES / Cauã Reymond repudia desastre ambiental provocado pela mineradora  Hydro Alunorte

Cauã Reymond repudia desastre ambiental provocado pela mineradora  Hydro Alunorte

O ator pediu agilidade nas soluções para o crime ambiental e medidas no atendimento dos moradores afetados

Cauã Reymond. Foto: Tom Rodrigues

O ator Cauã Reymond, conhecido nacionalmente pela atuação em novelas da Rede Globo usou às redes sociais para repudiar os danos ambientais provocados pela Hydro Alunorte, mineradora norueguesa acusada de despejar água com rejeitos químicos no Rio Pará, no município de Barcarena, nordeste paraense. O caso ocorreu no mês de fevereiro deste ano.

Ele recordou que a empresa até então negava às acusações de que havia irregularidades, mesmo com as denuncias do Instituto Evandro Chagas e de outras entidades ligadas ao meio ambiente: “a empresa negava as acusações, falando que apenas teria feito descarte de água de chuva. Hoje, o presidente da Hydro pediu desculpas e admitiu que a empresa descartou água não tratada, que, com as fortes chuvas, invadiu a cidade de Barcarena, que agora enfrenta uma contaminação com esses rejeitos da barragem”.

O artista pediu agilidade nas soluções para o crime ambiental e medidas no atendimento dos moradores afetados pelos rejeitos: “Assumir os erros é importante, mas muito mais urgente é a solução para mais esse crime ambiental. As comunidades ribeirinhas continuam convivendo com a presença de metais pesados desde fevereiro e apenas dia 09 do próximo mês, daqui a 20 dias, a empresa pretende apresentar medidas para tentar solucionar os problemas causados”.

Em outra postagem, Cauã criminalizou os grandes projetos de mineração que provocam impactos ambientais imensuráveis no Brasil, principalmente nas florestas. Recordou os dois anos do trágico acidente que devastou o distrito de Bento Rodrigues, na cidade mineira de Mariana- O rompimento da barragem de Fundão, pertencente à Mineradora Samarco, afetou pelo menos 500 mil pessoas ao longo de 670 km de curso d’água da Bacia do Rio Doce. O número inclui desde pessoas que tiveram familiares mortos e casas destruídas até os que sofreram a interrupção do abastecimento de água em 39 municípios-.

Confira as postagens 

Autor admin

Além disso, verifique

Ed Saraiva Jr lança o livro Jardins para Borboletas Mórbidas

A obra é inspirada em contos de fada Relacionado

Deixe uma resposta